Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Vototalks Festival promove palestras gratuitas sobres inovação nos negócios e na sociedade

O Vototalks Festival tem como objetivo incentivar a cultura de inovação e falar sobre empreendedorismo, transformação digital e mudanças nos negócios e na sociedade. O evento, aberto ao público, será entre os dias 6 e 10 de agosto, com apresentações presenciais e online. Todas as palestras terão cerca de 20 minutos de duração e serão transmitidas online, diretamente no site do Vototalks Festival.

Serão mais de 30 temas que incluem inovação colaborativa, futuro da educação, criação de startups em empresas centenárias, indústria 4.0 e economia circular. Os assuntos serão debatidos por profissionais renomados como Miguel Nicolelis, médico e cientista, e Ale Youssef, empresário, que compartilharão seus conhecimentos, técnicas e caminhos percorridos em processos de transformação. A programação completa dos temas e palestrantes pode ser conferida no link htto://www.votorantim.com.br/vototalks
.
A abertura será no Museu de Arte de São Paulo (MASP), em 6 de agosto das 10h às 12h, com apresentação presencial de Miguel Nicolelis, médico e cientista brasileiro, sobre “O cérebro humano como centro do nosso universo”. As inscrições, gratuitas e limitadas, podem ser feitas pelo site vototalks.com.br/festival. Quem perder a transmissão online poderá conferir os conteúdos no mesmo portal

“Nós valorizamos o diálogo, acreditamos nas pessoas e apostamos em plataformas colaborativas. O Vototalks Festival democratiza o acesso e permite maior disseminação do conhecimento. Para ampliar a troca de conhecimentos, foram convidados palestrantes de diferentes locais do Brasil e do mundo”, diz Luciana Torres, Coordenadora da Academia Votorantim.

A ação é um desdobramento do evento interno Vototalks, idealizado em 2015 por um grupo de funcionários da Votorantim para promover diálogos sobre inovação e transformação social. A iniciativa faz parte da estratégia da empresa em promover a criação de múltiplas plataformas de inspiração, formação e diálogo, tanto para o público interno, como externo, com o objetivo de provocar reflexões e ações em torno da projeção do futuro.